News: DFB FESTIVAL 2017 reúne 45 mil pessoas no maior encontro da moda autoral na América Latina

AKC_1602

Reunindo interessados não só em moda, mas também na programação multicultural do evento que transformou o Terminal Marítimo de Fortaleza na vitrine da cultura, gastronomia, música e coleções autorais de consagrados estilistas para toda a América Latina, o DFB Festival 2017 encerrou no último sábado (27), com um público de 45 mil pessoas, segundo a organização do evento.

Ao longo de quatro dias, os visitantes e convidados assistiram e participaram de palestras com relevantes nomes da moda como Alexandre Herchcovicth, Fernanda Yamamoto e da gastronomia, como o chef peruano José Luhan no Dragão Pensando Moda, espaço promovido em parceria com o Senac responsável por trazer um ciclo de palestras e workshops no piso superior do evento.

Nas salas de desfiles, o evento estimulou a formação de novos talentos com os concursos Comunidade Moda, que premiou o jovem Herculano Marques; o Ceará Moda Contemporânea, que teve como vencedor na categoria Design Akihito Hira, de Brasília (DF); e o Concurso dos Novos, disputa de estudantes de moda de todo o país que teve o ranking formado por Centro Universitário João Pessoa (UFPB) – 1º lugar; Universidade de Fortaleza (Unifor) – 2º lugar; e Faculdade Santa Marcelina (SP) – 3º lugar.

_DM24911

Já a programação oficial de estilistas incluiu consagrados nomes e revelações do cenário da moda autoral. O line up foi formado por Mary Andrade; Jangadeiro Têxtil Trendshow (Lindebergue Fernandes + Iury Costa); Babado Coletivo; Villô Ateliê; Wagner Kallieno; Aládio Marques; Almerinda Maria; Tramas & Sonhos (por Lúcio Áureo e Saldanha); Ceará Moda Contemporânea; Caio Nascimento; André Sampaio; Iury Costa; Rendá, por Camila Arraes; Kalil Nepomuceno; David Lee; Melk Zda; Lindebergue Fernandes; João Paulo Guedes; Ivanildo Nunes; Ricciardo Gomes; Jeferson Ribeiro; Ronaldo Silvestre; Weider Silveiro; e Bikiny Society.

Lançamentos e festa exclusiva

O DFB Festival 2017 também foi palco de uma agitada programação de lançamentos e festa, como a feira “Ceará Fashion Trade”, uma ação do projeto Ceará Moda Contemporânea, lançada na sexta-feira (27), na Sala de Imprensa do evento com a presença da presidente do Sinditêxtil, Kelly Whitehurst; e a balada promovida pela Lez a Lez e a Lunelli, que também trouxeram uma palestra exclusiva para convidados pelo estilista Dudu Bertholini.

Música e Gastronomia

Fomentando a programação multicultural, o DFB Festival 2017 trouxe apresentações musicais no espaço Ceará Sobe e nos minipalcos espalhados pela estrutura. A programação contou com sete bandas, cameratas, grupos de corais e Djs animando do entardecer até o final dos desfiles. Na área de convivência do evento, o DFB faz uma homenagem ao Peru com a exposição “Alma Peruana”, reunindo imagens e números que ilustram a força econômica e cultural dessa nação. No espaço gastronômico, o público conferiu 28 consagrados restaurantes e bistrôs, além de 10 foodtrucks. O bar oficial do evento foi o Órbita, localizado estrategicamente na frente do palco sobe o som e deixando a atmosfera desta edição ainda mais festiva.

_DM26713

Sobre o evento

Celebrando 18 anos de trajetória, o Dragão Fashion Brasil (DFB) 2017 aconteceu de 24 a 27 de maio, ocupando, pelo terceiro ano consecutivo, o Terminal Marítimo de Passageiros de Fortaleza, estrutura à beira-mar, que oferece visão privilegiada da cidade.

A partir do conceito “Viva Essa Festa”, o evento acompanhou o momento de profundas transformações pelo qual a indústria da moda tem passado e traz uma série de mudanças estruturais. A mais importante delas é a nova nomenclatura do DFB que passa a definir-se como “Festival”, assumindo uma vocação multidisciplinar abraçada na última década. A moda, agora, sai do centro das ações para integrar uma ciranda plural que faz girar uma programação que abrange diversos aspectos da cultura, gastronomia, música e formação.

O DFB Festival 2017 tem como patrocinadores Governo do Estado do Ceará, Secretaria de Turismo do Estado do Ceará, Secretaria de Cultura do Estado do Ceará, Enel, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Ceará (Senac/CE).

Nordeste em destaque

Para festejar os 18 anos do evento Cláudio Silveira celebrou a própria região Nordeste como usina criativa e multicultural, símbolo máximo de resistência e superação do próprio trade. “A indústria da moda brasileira deve muito à tradição têxtil nordestina. Mesmo com tantas adversidades, a criatividade mantém-se como base das nossas confecções, que investem cada vez mais em ações inovadoras e consistentes, como o próprio DFB”, explica Cláudio Silveira.

A reverência ao Nordeste ganha força com uma decisão inédita: pela primeira vez, o casting de modelos do DFB será de origem 100% nordestina, incluindo as principais top models brasileiras e internacionais nascidas na Região, que virão ao Ceará exclusivamente para o evento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s