Arte: Lindemberg Freitas abrirá sua nova exposição “Chamas” em Ateliê de Fortaleza

Pictures2

A beleza imagética e poética do fogo será exibida a partir de 30 de junho de 2017, na Capital Cearense, pelo artista plástico e fotógrafo Lindemberg Freitas, que conquistou o Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia dentro do X Edital de Incentivo às Artes da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará – SECULT (CE).

Os trabalhos do artista ocuparão o Ateliê Vando Figueiredo, onde os visitantes terão a oportunidade de conhecer sempre de segunda a sexta, de 14 às 17 horas, a série de trabalhos de Lindemberg que tem uma relação com a vivência do povo do Nordeste brasileiro. Um dos detalhes da mostra de cunho educativo é que as artes ilustram de forma conceitual, a história deste povo forjado por calor e fogo.

O acendimento de fogueiras é uma característica comum aos festejos nordestinos, como também, as queimadas encontradas nessa região do Brasil, sejam elas oriundas do calor e da seca que assola o agreste brasileiro e muitas vezes são causadas pelo homem. Mas isso tem um objetivo: limpar áreas para agricultura – o próprio fenômeno El Niño, um dos causadores das piores secas do Nordeste, tem sua origem no chamado círculo de fogo, encontro das placas tectônicas.

O fato, segundo o artista, é que o fogo tem forte relação com o povo nordestino, seja para o bem ou para o mal. O fogo é um dos principais elementos que desde os tempos ancestrais mantêm e nos ajuda a compreender a vida do sertanejo. A fascinação que o fogo causa alimenta a fantasia despertada por suas chamas, dando origens a contos, lendas, mitos, deuses, heróis… Uma verdadeira dádiva dos deuses, afirma o artista visual que apresentará mais uma exposição à seara das artes bastante difundidas em seu Estado, o Ceará.

O Artista

Cearense, natural de Fortaleza, Lindemberg Freitas é artista plástico, produtor cultural e administrador, além de membro fundador do FÓRUM CEARENSE DE ARTES VISUAIS. É, também, sócio e colaborador da ASSOCIAÇÃO DOS ARTISTAS PLÁSTICOS PROFISSIONAIS DO CEARÁ. Teve sua primeira exposição coletiva, “Jovens Artistas”, em 1999, no MUSEU DA IMAGEM E DO SOM, na Capital Cearense.

Agraciado com o Prêmio Modelo de Gestão em Economia Criativa pelo Ministério da Cultura em 2013, Lindemberg é um artista que já participou de exposições coletivas, conquistou vários editais de incentivos às artes, ficou classificado em outros e assinou também, a curadoria de exposição a exemplo de “Promessa Paga” do Artista plástico Zé Tarcísio, em 2006, no ESPAÇO CULTURAL CORREIOS DE FORTALEZA.

Serviço:
Exposição CHAMAS
>Abertura: 30.06.2017
>Horário: 19h
>Local: Ateliê Vando Figueiredo
Rua Nunes Valente, 1248 / A – Aldeota
>Visitação: Segunda a Sexta / 14 às 17 horas
>Informações: (85) 9 8154.6060
>flexos_artes@hotmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s