Cinema: Planeta dos Macacos: A Guerra!

__58efcdf74289e-medium

Hoje, estreia nos cinemas  Planeta dos Macacos: A Guerra! O terceiro filme da franquia tem como objetivo resolver, de uma vez por todas, o conflito existente entre humanos e macacos. A franquia surgiu na década de 60 mostrando vários conceitos e questionamentos bem interessantes sobre a humanidade.

No filme vemos ainda mais o ponto de vista de César, que está mais velho, mais maduro e preocupado com a segurança de sua família e de seu grupo. Isso é o que chamamos de plano subjetivo, ou seja, quando enxergamos a cena pelos olhos de um determinado personagem. E o diretor Matt Reeves deixou isso bem claro no filme.

A trilogia foi encerrada com chave de ouro, mas quem espera muita ação, talvez saia frustrado do cinema. O último filme está mais voltado para os conflitos internos de Caesar, o seu protagonista absoluto.

Ao longo dos filmes, Cesar se mostrou um símio com compaixão, entendimento, liderança e muito amor por sua espécie, ou seja, muito mais humano que muita gente por aí. Como  líder, ele quer a paz entre os macacos e os humanos, mas acontecimentos trágicos, levam ele a fica com mais raiva e ódio, e menos empático. Quando ele está frente a frente com o general, interpretado por Woody Harrelson (que arrasou no papel), isso fica ainda mais claro.

Outro elemento chave do filme é mostrar que humanos e macacos são muito parecidos em vários aspectos, isso é visto através do fato de existirem humanos no meio dos macacos e vice-versa. Seja por bravura, ódio, vingança ou covardia, cada um tem seus motivos para seguir seus ideais.

E se você precisa de mais um motivo para ir ao cinema, a qualidade tecnológica absurda do filme junto com a interpretação memorável de Andy Serkis é uma excelente razão! Ele já é bem experiente em trabalhar com Captura de Movimento (Senhor dos Anéis, King Kong, Enslaved), mas em  Planeta dos Macacos sua atuação absolutamente primorosa e emocionante, elevou essa tecnologia a um patamar nunca visto!

Outra atuação que merece destaque é a de Steve Zahn (Bad Monkey), o ator e comediante trouxe um lado mais engraçado para o longa.

Finalizando, Planeta dos Macacos: A Guerra, tem menos “guerra” que os anteriores, mas não menos conflitos, apresentando questões importantíssimas e uma forte crítica à nossa sociedade. Com certeza, sua experiência será memorável assistindo esse olhar tão diferente da condição humana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s