Saúde: Alimentação e saúde bucal

A relação entre alimentação e saúde bucal vai muito além da redução do consumo de açúcar a fim de evitar cáries. Problemas como a gengivite e a periodontite vêm despertando preocupação nos especialistas. Além da higiene e das visitas periódicas ao dentista, um cardápio balanceado é um importante aliado para evitar o surgimento de diferentes tipos de doenças e garantir uma vida mais saudável.

Alguns tipos de comida podem trazer benefícios para a saúde bucal. Eles são considerados “detergentes”, pois atuam eliminando resíduos de outros alimentos que ficaram aderidos à superfície dental. Entre eles estão a pêra, maçã, cenoura e laranja. Por outro lado, existem aqueles que merecem atenção com os excessos, como o açúcar presente em doces, que provoca a queda do pH e causa a desmineralização do dente, aumentando o risco de cárie.

Além disso, a carência de nutrientes pode causar manifestações bucais. A falta de ferro, por exemplo, pode resultar em aftas, feridas no canto da boca, queimação bucal, entre outros. Por sua vez, a escassez de vitamina C pode resultar em sangramento gengival, mobilidade dentária, retardo na cicatrização, alteração do paladar e outras doenças oportunistas. 

A Diretora Clínica da Odontoart, Sandra Silveira, explica como uma alimentação equilibrada pode afetar a saúde bucal. “A boca é a porta de entrada da saúde geral e o aspecto nutricional tem um papel fundamental nesse sentido. Se o organismo não recebe a nutrição adequada, a saúde bucal está em risco”, afirma.

A dentista destaca, ainda, como a ingestão de alguns alimentos pode prejudicar a estética dos dentes, deixando-os mais escuros ou desgastados. “Refrigerante, café e vinho são exemplos de bebidas que, a longo prazo, podem reagir dessa forma na cavidade oral. O desgaste do esmalte superficial em razão do atrito com alguns alimentos, da mesma forma, pode contribuir para uma aparência menos saudável da arcada dentária”, reforça.

Uma alimentação equilibrada, rica em nutrientes, aliada à higiene bucal é a combinação perfeita para afastar doenças. Confira algumas dicas:

– Fio dental
Antes da escovação, indica-se passar o fio. O acessório é indispensável, pois alcança regiões que as cerdas da escova não atingem.

Escovação
Deve ser feita, no mínimo, três vezes ao dia, com uma escova de cerdas macias. 

– Raspagem
Higienizar a língua colabora para o equilíbrio da microbiota da boca. Os raspadores auxiliam no processo. – Enxaguante
Produtos específicos costumam ser prescritos pelo dentista para tratar certas doenças bucais. Siga as instruções de uso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s