Cultura: Dragão do Mar realiza pocket show gratuito para receber lançamento de biografia de Belchior

Belchior apenas um rapaz_alta (2)

Após bate-papo com o autor do livro, artistas como Rodger Rogério, Lorena Nunes, Nayra Costa e Lúcia Menezes interpretam sucessos do artista, acompanhados pela Orquestra Popular do Nordeste.

     No próximo dia 05 de outubro, o Teatro Dragão do Mar será palco para o lançamento da biografia “Belchior – Apenas um Rapaz Latino-Americano” em Fortaleza, do jornalista e crítico musical Jotabê Medeiros. A partir das 19h, o urbanista, letrista e cantor Fausto Nilo, que foi amigo e parceiro de Belchior, media um bate-papo com o autor, seguido de dramatização/leitura poética de Ricardo Guilherme e pocket show em homenagem ao artista sobralense. O acesso é gratuito, sujeito a lotação do teatro.

No show, a Orquestra Popular do Nordeste (OPN), que este ano participa do Laboratório de Música do Porto Iracema das Artes, escola de artes gerida pelo Instituto Dragão do Mar, acompanha as interpretações de clássicos de Belchior pelos artistas cearenses Rodger Rogério, Lorena Nunes, Nayra Costa, Fausto Nilo e Lúcia Menezes. No repertório estão as cancões “Como Nossos Pais”, “Velha Roupa Colorida”,  “Paralelas” e “Palo Seco”. O show contará com a direção artística do instrumentista e compositor Pedro Madeira.

Após as apresentações musicais, o escritor Jotabê estará disponível para autografar os exemplares, disponíveis à venda no hall do Teatro, ao valor de R$ 49,90. Serão aceitos cartões de débito e crédito no local.

Serviço: Lançamento do livro “Belchior – Apenas um Rapaz Latino-Americano” e show de homenagem ao artista
Data: 05 de outubro
Horário: 19h
Local: Teatro do Dragão do Mar
Acesso gratuito e sujeito a lotação do espaço

Show: RIO MAIS BRASIL, O NOSSO MUSICAL’ chega a Fortaleza

Riomais_LeoAversa-235

‘RIO MAIS BRASIL, O NOSSO MUSICAL’ chega a Fortaleza O espetáculo fica em cartaz  de 06 a 08/10, no Teatro do Shopping  Rio Mar Fortaleza

Com circulação por todo o Brasil, chega a Fortaleza, neste final de semana, o espetáculo “Rio mais Brasil, o nosso musical”. O musical fica em cartaz dias 06 (21h), 07 (21h) e 08/10 (19h), no teatro do Shopping Rio Mar Fortaleza. As vendas de ingressos já foram iniciadas através do site Ingresso Rápido e bilheteria do teatro. Os valores são:  Plateia Alta (R$ 50,00 – inteira e R$ 25,00 – meia), Plateia Baixa B (R$ 100,00 – inteira e R$ 50,00 – meia) e Plateia Baixa A (R$ 150,00 – inteira e R$ 75,00 – meia).

Dirigido por Ulisses Cruz e com texto de Renata Mizrahi, a montagem retrata a batalha da produção cultural no Brasil. No elenco, renomados atores como Cris Vianna, Leonardo Vieira, Cláudio Lins, Danilo de Moura e Danilo Mesquita, além de outros 17 atores, cantores, multi-instrumentistas, apresentam composições inéditas e clássicos da história musical do País. O elenco conduz o público a um passeio por cada região do País.

O país de Villa-Lobos, Ary Barroso, Caetano Veloso, Rita Lee, Almir Sater, Tom Zé, Gilberto Gil. Mas também da mulher que carrega a lata d´água na cabeça, do menino que faz samba ou funk no morro ou no asfalto, do índio que dança em sua aldeia, do sertanejo que produz poesia à espera da chuva, da cabocla de jeito mestiço, do guri tri legal. Idealizado por Gustavo Nunes, com direção de Ulysses Cruz e autoria de Renata Mizrahi, ‘Rio mais Brasil, o nosso musical’ mostra um país cheio de musicalidade e contrastes. O povo brasileiro é o protagonista, com sua pluralidade, sua complexidade, seu sincretismo, livre de estereótipos. Uma gente que enverga, mas não quebra. A produção é assinada pela mesma produtora de “Cássia Eller, o musical”,  a Turbilhão de ideias Entretenimento.

‘Rio mais Brasil, o nosso musical’ se passa nos bastidores da realização de um longa-metragem, livremente inspirado na obra ‘O Povo Brasileiro’, de Darcy Ribeiro. O produtor Martin recebe uma verba para criar uma superprodução, mostrando um Brasil jamais visto antes no cinema. Após muito procurar, ele vê suas ideias traduzidas pela cineasta Cris, que propõe mostrar a essência do povo brasileiro através do livro do Darcy Ribeiro, O Povo Brasileiro. E a escolha do elenco deve refletir essa proposta, com pessoas de todo o país, que mostrarão um pouco de suas vivências, ajudando a entender o Brasil através da sua gente. À medida que as filmagens avançam, os valores vão sendo reduzidos, até que o investimento na produção é completamente cancelado. Como seguir adiante? O que pode ser feito? Um novo fato reacende as esperanças e possibilita a continuação das filmagens.

Desde o início do processo, o idealizador do projeto, Gustavo Nunes, e o diretor Ulysses Cruz tinham uma certeza: queriam fugir do óbvio, evitar uma abordagem estereotipada. “Recusamos tudo que fosse clichê”, pontua o diretor. “Queremos um lugar mais real, de pessoas potentes, não os mesmos cartões postais, nem as mesmas frases feitas”, afirma a autora Renata Mizrahi. “Eu não quero retratar a Zona Sul do Rio, da forma como sempre é mostrada, quero também a arquibancada número 1 da Sapucaí. Aquelas pessoas que estão ali têm histórias maravilhosas para contar. Uma das primeiras visões que tive do Rio foi o baile charme de Madureira. Aquele é o Rio que me interessa, o Rio real”, acrescenta Ulysses.

Realidade e ficção dialogam em cena. Não apenas porque o espetáculo retrata uma rotina tão comum à cultura brasileira, mas porque foi livremente inspirado em um fato acontecido na própria produção do musical, que seria montado em 2016, porém teve o cancelamento de um patrocínio quando estava iniciando os ensaios, já com  todo o elenco escolhido. O produtor e idealizador Gustavo Nunes não desistiu e artistas como Ulysses Cruz e Cris Vianna seguiram à disposição do projeto, que pôde agora ser viabilizado com apresentação do Ourocap, em uma realização da Turbilhão de Ideias Entretenimento.

É a arte mais uma vez driblando os obstáculos e fazendo brotar a criação de onde antes havia apenas incerteza. “Essa primeira tentativa frustrada se transformou em história na peça. E o Martin é uma homenagem ao Gustavo, que nunca desistiu de fazer esse espetáculo nascer”, exalta Ulysses.

“O Ulysses foi a primeira pessoa que convidei para integrar o projeto. A ousadia que ele apresenta em suas encenações seria fundamental para poder realizar um projeto como este”, afirma Gustavo, que complementa: “sentia falta de ver nos palcos um espetáculo que refletisse o Brasil de hoje. Ainda consumimos tantas histórias que não têm absolutamente nada a ver com a nossa realidade. Nossa cultura e nossas questões precisam tomar maior proporção, ainda mais num momento como o que estamos vivendo”.

Assim como no filme retratado no espetáculo, a escolha do elenco traduz a diversidade brasileira: foram mais de 500 candidatos de todo o país e a lista inclui nomes do Amazonas, Mato Grosso, Bahia, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Anna Bello, André Muato, Bárbara Sut, Camila Matoso, Clayson Charles, Edmundo Vitor, Janaína Moreno, Kesia Estácio, Leandro Melo, Luciana Balby, Nando Motta, Marcel Octavio, Paulo Ney, Priscilla Azevedo e Teka Balluthy foram escolhidos pela banca formada por Ulysses Cruz, os diretores musicais Carlos Bauzys e Daniel Rocha, o diretor assistente, Thiago de Los Reyes, a produtora de elenco, Vanessa Veiga, e Gustavo Nunes. O elenco se complementa ainda com o multi-instrumentista Fernando Thomaz, que também atua nesta encenação.

Carlos Bauzys não esconde a satisfação com os atores escolhidos: “foi uma das seleções mais difíceis que já fiz, fiquei entusiasmado com o alto nível dos multi-artistas”, celebra. “Queríamos um elenco que espelhasse o Brasil, mas um elenco real, não pessoas que parecessem, mas que fossem. Nossa vontade é realmente colocar em cena o povo brasileiro”, explica Ulysses.

Renata conta que recebeu o pedido do texto com a ideia de trabalhar em cima do Rio e do Brasil, mas sem um argumento definido. “Tive várias conversas com o Ulysses e o Gustavo. Bati muita bola com eles e, aos poucos, fomos construindo essa história. A gente troca ideia, debate muito. E agora temos também os atores, que chegaram, cada um com uma bagagem e histórias que só nos enriquecem. Esse trabalho é a arte de ouvir, filtrar e escrever”, explica Renata.“O texto foi sendo finalizado com a minha ida aos ensaios. Os atores nos trouxeram informações, vivências, além de demandas naturais da encenação”, complementa Ulysses.

Participação popular e trilha musical

O espetáculo inovou ainda ao possibilitar a participação do público na criação do roteiro final. As pessoas puderam enviar histórias verídicas e letras inéditas de músicas, através do site http://riomaisbrasil.com.br/. Uma dessas histórias e uma canção inédita foram selecionadas e incorporadas ao enredo final, que tem uma linha narrativa não-cronológica e não-linear.  Em dado momento, podem ser mostrados, simultaneamente, o teste dos candidatos junto às cenas de suas vidas reais; cenas dos investidores podem se alternar com as filmagens ou com cenas dos bastidores. “Primeiro, eles entram como atores e vão virando personagens. Nas cenas dos testes, são os próprios atores, com um pouco de suas experiências” explica Ulysses.

A trilha é um dos pontos altos do musical: congrega letras originais de Renata Mizrahi, com uma releitura de músicas consagradas e também canções representativas das 05 regiões brasileiras. O espetáculo reúne canções inéditas, além de composições de Milton Nascimento, Chico Buarque, Caetano Veloso, Luiz Gonzaga, Rita Lee, Gonzaguinha, Almir Sater, Gilberto Gil, Ary Barroso, Cazuza, Tom Zé, Aldir Blanc, Arlindo Cruz, Waldemar Henrique, Kleiton e Kledir, Dani Black, Dona Onete, A Banda mais bonita da Cidade, entre outros, que ressurgem em arranjos originais de Carlos Bauzys e Daniel Rocha. “A nossa busca é refletir nos arranjos, na escolha das músicas, um pouco de tudo do Brasil, essa mistura imensa. Então, estamos trazendo várias referências. É uma mistura de múltiplas influências brasileiras adicionadas aos elementos do teatro musical”, esclarece Bauzys, que não esconde o entusiasmo com a grandeza musical desse país. “Essa riqueza parte de uma espontaneidade sublime. Em cada canto do Brasil que você vai, encontra tradições populares que existem há muito tempo e são extremamente ricas e únicas. O que mais me atrai é essa beleza que parte da espontaneidade e da simplicidade”, finaliza.

Um dos exemplos da busca por essa originalidade é a canção ‘Aquarela do Brasil’ (Ary Barroso), que ressurge completamente renovada, não só pelo arranjo inédito, mas pelo rap escrito pelo próprio Bauzys, incorporado à letra. “Na hora que a música fala, Terra de Nosso senhor, ali já entra um rap que diz, entre outras coisas: Terra de Nosso Senhor, de Oxalá, de Iemanjá, de Jesus. Exaltamos o sincretismo no Brasil, que é algo tão lindo no nosso país, essa pátria de todos”, exalta.

Os atores tocarão uma gama de instrumentos (mais de 30), muitos deles inusitados, como: berimbau de boca, ganzá e timbal. A direção musical aposta na percussão corporal como um elemento primordial na construção do espetáculo. “Quero todos tocando muito, tirando sons do próprio corpo, isso mostra nossa precariedade, dói. Somos todos precários, isso é lindo porque é o que nos torna humanos”, vibra Ulysses. Carlos Bauzys tem vasta experiência com essa linguagem, já trabalhou com o Barbatuques, um dos maiores expoentes do mundo em percussão corporal. “Essas escolhas partiram da nossa vontade de fazermos coisas diferentes, explorarmos distintos recursos vocais. E tem tudo a ver com o espetáculo, porque o corpo é muito rico de sonoridades e traz essa precariedade que o Ulysses busca. E também é natural da cultura do Brasil: fazer música, arte com o que é disponível”, acrescenta Bauzys.

Os diretores musicais dialogam muito com os atores e alguns arranjos nascem dessa troca de vivências. “A ideia é justamente trazer um pouco do conhecimento e da cultura do elenco, esse processo de construção coletiva também acontece. Muitas vezes, levamos os arranjos fechados e ensaiamos, mas somos muito abertos a sugestões, porque entendemos que a colaboração das pessoas é muito importante para o resultado ficar mais rico ainda”, aponta Bauzys.

A potência da música que segue sendo produzida nos mais diferentes Brasis espalhados dentro de um mesmo país é uma das principais motivações de Carlos Bauzys ao realizar esse espetáculo. “Ainda na adolescência, quando eu conheci a nossa música de verdade, que eu me entendi como brasileiro e pela primeira vez tive orgulho do lugar onde eu nasci. Se eu puder passar um pouco disso para o público, minha missão estará cumprida”, celebra Bauzys.

O musical representa o hoje, com um olhar otimista. “Nosso povo se reinventa a cada momento. Queremos revelar a cara dessa gente, exaltar o quanto somos grandes e ricos de diversidade e quanta beleza pode haver!​”, celebra Renata.

Apresentado por MINISTÉRIO DA CULTURA E OUROCAP
LEI DE INCENTIVO À CULTURA
Patrocínio Master
OUROCAP
Uma Produção
TURBILHÃO DE IDEIAS ENTRETENIMENTO
Realização
MINISTÉRIO DA CULTURA
BRASIL GOVERNO FEDERAL
Produção executiva – Fortaleza
Milca Luna
Verônica Sobreira
SERVIÇO:
“Rio Mais Brasil, o Nosso Musical”
Quando: 06 (21h), 07 (21h) e 08/10 (19h)
Onde: Teatro do Shopping Rio Mar Fortaleza (Rua Lauro Nogueira, 1500, Papicu)
Classificação etária: 12 anos
Duração: 105 minutos
Valores dos ingressos: Plateia Alta (R$ 50,00 – inteira e R$ 25,00 – meia), Plateia Baixa B (R$ 100,00 – inteira e R$ 50,00 – meia) e Plateia Baixa A (R$ 150,00 – inteira e R$ 75,00 – meia )
Vendas:
– BILHETERIA TEATRO RIOMAR (Rua Lauro Nogueira, 1500 loja 3001 – L3, Papicu)
Horários de Funcionamento:
De Terça a Sábado das 12h às 21h
Domingos e Feriados das 14h às 20h.
OUTROS PONTOS DE VENDA
Ingresso Rápido
Telefone: 4003-1212
https://www.ingressorapido.com.br/venda/?id=1207#!/tickets

News: RioMar Kennedy recebe encontro ‘K Entre Nós’ com Babi Dewet e Yessica Lima

2017-29-09-08-40-49.jpeg

O encontro traz uma roda de conversa sobre o universo K-Pop. O evento acontece nesta sexta-feira, 29 de setembro, com entrada gratuita, e participação da escritora Babi Dewet e da youtuber Yessica Lima.

Babi Dewet e Yessica Lima estão chegando ao RioMar Kennedy nesta sexta-feira, dia 29 de setembro, para um encontro com os fãs do estilo de música K-Pop (pop sul coreano). O evento dedicado aos amantes de cultura coreana tem início a partir das 19h, e as convidadas participam de um bate-papo com os fãs na Praça Central de Eventos, no Piso L1 do shopping. Além da roda de conversa, ‘K Entre Nós’ contará com feirinha coreana, Random Play Dance e brincadeiras para o público.

Com o crescimento das redes sociais, a cultura coreana tem sido cada vez mais incentivada nas plataformas digitais. Na roda de conversa, as digitais influenceres vão explicar sobre o crescimento dos mangás, fanfics e séries coreanas e contar suas experiências sobre o mundo K-Pop.

Babi Dewet

A escritora e youtuber Babi Dewet, cujo canal no Youtube é relacionado a conteúdos de músicas K-Pop conta com mais de 80 mil inscritos. A convidada também faz parte do canal DramaFever BR, é formada em Cinema e já lançou cinco livros. Babi foi uma das primeiras youtubers do Brasil a promover conteúdos K-Pop semanalmente. Como escritora, ela já lançou a trilogia “Sábado à Noite”, “Um Conto Inesquecível” e “Sonata em Puck Rock”. Hoje, é apresentadora do Ponto K-Pop da PlayTV, programa voltado para os amantes de fanfics e séries coreanas.

Yessica Lima

Yessica é youtuber desde 2013, edita vídeos e é modelo freelance. Ela compartilha conteúdos de K-Pop no Youtube e já participou de vários eventos de cultura coreana em todo Brasil. Em seu canal, a digital influencer tem cerca de 18 mil inscritos.

 

Serviço

Data: sexta-feira29 de setembro

Horário: a partir das 19h

Local: Piso L1, Praça Central de Eventos do RioMar Kennedy (Av. Sargento Hermínio Sampaio, 3100 – Presidente Kennedy)

Telefone: 3089.0909

Entrada gratuita

News: Conheça as candidatas a Miss Plus Size Ceará 2017

CandidatasMPS2017_FotoViniciusSouza

O concurso acontecerá dia 10 de novembro no Teatro José de Alencar, em Fortaleza, reunindo 27 mulheres com o manequim acima do 44, que disputarão o título de Miss Plus Size Ceará.

O concurso Miss Plus Size Ceará será realizado pela sexta vez no próximo dia 10 de novembro no Teatro José de Alencar, em Fortaleza. Ao todo, 27 mulheres com o manequim acima do 44 disputarão o título, em uma noite envolvendo glamour, elegância e beleza, valorizando o corpo da mulher GG.

Idealizado pela produtora de eventos, Jaqueline Queiroz, o evento traz uma proposta cultural, social e de elevação da autoestima da mulher acima do peso, vestindo um manequim acima do 44. “Além de valorizar o corpo da mulher GG, nosso propósito é enobrecer a beleza da mulher e realizar seus mais lindos sonhos”, explica Jaqueline Queiroz sobre o objetivo do concurso.

CandidatasMPS20172

São belas mulheres, representantes de 27 municípios cearenses, conheça:

Ana Aguiar é representante do município de Aquiraz. Tem 23 anos, é estudante e possui um manequim 46.

Rebeca Costa, do município de Aracati. Tem 26 anos, é enfermeira e possui um manequim 48.

Nyl Costa, do município de Beberibe. Tem 22 anos, é designer de moda e possui um manequim 44.

Thaís Freitas, do município de Beberibe. Tem 20 anos, é estudante e possui um manequim 46.

Carol Melo, do município de Chorozinho. Tem 22 anos, é modelo e possui um manequim 46.

Luiziane Abreu, do município de Eusébio. Tem 28 anos, é tecnóloga em alimentos e possui um manequim 48.

Tayonara Castro é representante do município de Fortaleza. Tem 28 anos, é administradora e possui um manequim 50.

Kelle Cristina, do município de Fortim. Tem 38 anos, é babysitter e possui um manequim 50.

Itamara Cyntia, do município de Fortim. Tem 26 anos, e possui um manequim 48.

Vládia Serra, do município de Fortim. Tem 39 anos, é atendente possui um manequim 48.

Nayane Lacerda, do município de Independência. Tem 18 anos, é estudante e possui um manequim 50.

Débora Pompeu, do município de Ipú. Tem 32 anos, é maquiadora e possui um manequim 52.

Karol Viana, do município de Itaitinga. Tem 24 anos, é estudante e possui um manequim 46.

Marília Magalhães, do município de Itatira. Tem 24 anos, é consultora de beleza e possui um manequim 44.

Silmara Keller, do município de Jaguaruana. Tem 36 anos, é vigilante e possui um manequim 46.

Luiza Lins, do município de Juazeiro do Norte. Tem 23 anos, é modelo e possui um manequim 44.

Cris Bittencourt, do município de Limoeiro do Norte. Tem 37 anos, é maquiadora e possui um manequim 48.

Janira Bitencourt, do município de Maracanaú. Tem 42 anos, é enfermeira e possui um manequim 46.

Camila Chaves, do município de Pacajus. Tem 33 anos, é professora e possui um manequim 48.

Rayanne Gondim, do município de Pacatuba. Tem 18 anos, é estudante e possui um manequim 46.

Karina Oyama, do município de Pacoti. Tem 41 anos, é cirurgiã-dentista e possui um manequim 48.

Ticiane Almeida, do município de Pindoretama. Tem 23 anos, é estudante de jornalismo e possui um manequim 46.

Talita Pinheiro, do município de Quixadá. Tem 28 anos, é professora de matemática e possui um manequim 48.

Hillary Lopes, do município de Reriutaba. Tem 22 anos, é modelo e possui um manequim 48.

Amanda Lima, do município de Russas. Tem 24 anos, é secretária executiva e possui um manequim 48.

Naiara Porto, do município de São Gonçalo do Amarante. Tem 19 anos, é cantora e possui um manequim 44.

Chaiena Gomes, do município de Tianguá. Tem 35 anos, é pedagoga e possui um manequim 48.

CRÉDITOS DAS FOTOS EM ANEXO – VINICIUS SOUZA/DANIELA SILVA

Eventos: Estilista Karla Lourenço arma coquetel para inaugurar seu novo espaço

Karla Lourenço acabar de inaugurar seu novo espaço, situado na rua Osvaldo Cruz, 2585. E para comemorar a mudança, a estilista armou um super coquetel para os amigos e clientes. Agora, confira na nossa galeria como foi o evento através das lentes de Diogo Araújo!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Música: FUNDO DE QUINTAL APRESENTA GRANDES SUCESSOS NO NORDESTE

thumbnailCom realização da Opus, shows ocorrerão em Fortaleza, Natal e Recife no mês de outubro. Crédito Foto: Leo Queiroz

 

Fundo de Quintal é a melhor tradução da frase: “Aconselho a você, que seja sambista também”. Todo sambista é um pouco Fundo de Quintal, afinal, são mais de 40 anos de sucesso na Música Popular Brasileira. Não é à toa que ele é, reconhecidamente, o grupo do gênero mais premiado e respeitado da história.

A vitalidade e a longevidade do Fundo de Quintal não têm segredo e a receita é simples: generosidade musical. Ele é, orgulhosamente, o berço de Jorge Aragão, Sombrinha, Almir Guineto, Arlindo Cruz, Walter Sete Cordas, Cleber Augusto, Neoci e Mario Sérgio e padrinho das gerações de sambistas que vieram depois. O tempero dessa receita é a assinatura inconfundível do grupo. Na primeira batida do tantan, do repique de mão e do pandeiro, todo mundo já sabe que vai ouvir samba da mais alta qualidade. Com realização da Opus, os shows ocorrerão dia 25 de outubro, no Teatro RioMar Fortaleza (Fortaleza/CE); dia 26 de outubro, no Teatro Riachuelo (Natal/RN); dia 27 de outubro, no Teatro RioMar Recife (Recife/PE). Confira o serviço completo abaixo.

No palco, Bira Presidente – que além de exímio pandeirista – é dono absoluto do samba no pé e junto com Sereno e Ubirany forma o trio pioneiro do Fundo de Quintal. Sereno, além de cantor e compositor, é o inventor do tantan e Ubirany, o criador do repique de mão. E assim como o irmão Bira Presidente, Ubirany não deixa ninguém parado quando risca o chão. Ademir Batera, também conhecido como baterista sorriso e Marcio Alexandre e Junior Itaguaí os dois novos integrantes do Grupo Fundo de Quintal. Este é o Fundo de Quintal. Uma união de sambistas – cada um com personalidade própria e independente no palco- e que juntos formam a principal referência do gênero. E o samba comemora.

Componentes:

Bira (pandeiro e voz)
Sereno (tantã e voz)
Ubirany (repique e voz)
Ademir Batera (bateria)
Marcio Alexandre (cavaco e voz)
Junior Itaguaí (banjo e voz)

Números:

– Mais de 40 anos de carreira

– 33 CDs 15 discos de ouro

– 4 discos de platina

– 5 DVDs

– 17 Prêmios da Musica Brasileira – Categoria Melhor Grupo de Samba

– 4 Edições do Troféu Raça Negra – Categoria Melhor Grupo de Samba

– Vencedor do Grammy Latino 2015 – Categoria Melhor Álbum de Samba – “SÓ FELICIDADE”

– Temporadas na Europa, EUA, Japão e África

– Centenas de sucessos, entre eles, os clássicos: “Lucidez”, “Nosso Grito”, Frasco Pequeno”, “Fada”, “Chuá Chuá”, “O Show Tem Que Continuar”, “Parabéns Pra Você”, “A Amizade”, “Batucada dos Nossos Tantãs”, “E Eu Não Fui Convidado”, “Boca Sem Dente”, “Ô Irene”, “Do Fundo do Nosso Quintal”, “Só pra Contrariar”, ‘Miudinho, meu bem”, “Falso Herói”, “Vai Lá Vai Lá”, “Parabéns pra Você ”e “Só Felicidade.


Dia 25 de outubro, no Teatro RioMar Fortaleza (Fortaleza/CE)
Dia 26 de outubro, no Teatro Riachuelo (Natal/RN)

Dia 27 de outubro, no Teatro RioMar Recife (Recife/PE)

FORTALEZA (CE)

Dia 25 de outubro
Quarta-feira, às 21h
Teatro RioMar Fortaleza (Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 – Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Fortaleza – CE)
www.teatroriomarfortaleza.com. br

INGRESSOS:

Setor

Valor

 Meia-Entrada

Plateia Alta

R$ 140,00

 R$ 70,00

Plateia Baixa B

R$ 160,00

 R$ 80,00

Plateia Baixa A

R$ 180,00

 R$ 90,00

 

News: Hidracor lança linha renovada de esmaltes e promove campeonato de futebol para pintores

DSC02655

A Hidracor, empresa do grupo J.Macêdo com mais de 50 anos de mercado, está relançando a linha de esmaltes para madeira e metais e para apresentar o produto ao mercado a marca promoveu um campeonato de futebol para pintores chamado Pincel de Ouro no dia 1 de setembro.

Os esmaltes, que têm como diferencial proteger, dar brilho, decorar as superfícies e oferecer preço justo são o Hidra+, um esmalte standard com secagem e qualidade superior, o Hidralar, que é um produto pronto pra uso, ou seja, não necessita diluição, e o Hidralit Eco, esmalte base água sem cheiro, de fácil aplicação, secagem rápida e ecologicamente recomendado.

A Hidracor

Sediada no Distrito Industrial de Maracanaú e com outra unidade de Acarape, a Hidracor é uma das maiores indústrias de tintas do Nordeste, com capacidade de produção de até 100 milhões de litros/ano de tinta líquida, além de produzir Tinta Pó e cal, completando seu portfólio.

A Hidracor, que fabrica toda a linha de tintas e complementos para construção civil como corantes, tintas látex, esmalte sintético, texturas e solventes, tem como foco o mercado interno, notadamente as regiões Nordeste, mas com presença também na região Norte, Minas Gerais e em breve Goiânia e Distrito Federal.

Em 2017 a Hidracor apresenta crescimento de 38% em volume diante de um mercado NE que cresce 7%. Seu Share estimado na região NE, dentre as tintas normatizadas pela ABRAFATI (Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas), varia de 15% a 25% nas principais categorias. No Ceará, onde tem sede, alcança 30% a 40% nas principais categorias e se consolida cada vez mais como a melhor opção de qualidade e preço justo no mercado regional.

News: Dupla cearense lança programa inédito nos EUA

IMG_2455

News: Erasmo Carlos faz show gratuito no Dia dos Pais em Fortaleza

Erasmo Carlos foto em alta

A terceira edição do RioMar Music Festival traz o cantor e compositor carioca , que se apresenta na capital cearense no dia 13 de agosto às 19h

Para celebrar uma das datas mais importantes do ano, o RioMar Fortaleza, no Papicu, recebe o cantor e compositor Erasmo Carlos em um show especial para o Dia dos Pais. O Tremendão chega a cidade cearense no dia 13 de agosto para uma apresentação gratuita. O evento tem início às 16h com abertura dos portões e entregas das pulseiras de acesso,  às 17h a banda Sargento Pimenta faz apresentação, interpretando o melhor dos Beatles. Logo após, às 19h, Erasmo sobe ao palco passando por sucessos do início de sua carreira até seu mais recente trabalho. A entrada para show é gratuita, por ordem de chegada, até atingir a capacidade limite do espaço.

Acompanhado pelo maestro José Lourenço (teclado e voz) e pelos músicos Billy Brandão (guitarra), Rike Frainer (bateria), Luiz Lopes (guitarra, violão e voz) e Pedro Dias (baixo e voz), Erasmo Carlos irá cantar os mais representativos sucessos de sua carreira, como “Festa de Arromba”, “Sentado à Beira do Caminho” e “Minha Fama de Mau”. Além disso, apresentará outros clássicos da época da Jovem Guarda e as canções inéditas do seu último disco em estúdio, o Gigante Gentil (2014).

Produzido por Kassin e lançado pela selo Coqueiro Verde Records, o trabalho Gigante Gentil – ganhador do Grammy Latino de Melhor álbum em 2014 – é o 28º álbum do cantor carioca. Das 11 faixas, seis são compostas pelo próprio Erasmo, mais uma parceria inédita com Caetano Veloso e parceiros dos discos anteriores, Nelson Motta e Arnaldo Antunes, além do hit Além do Horizonte, composta com Roberto Carlos.

Sobre Erasmo Carlos

Erasmo Carlos – conhecido como Tremendão –  é um dos maiores artistas nacionais. Em permanente ebulição, há mais de 50 anos Erasmo embala gerações com suas canções que se tornaram clássicos da música popular brasileira. São mais de 500 composições que refletem, da ingenuidade da Jovem Guarda e sua doce proposta de mudanças comportamentais, à maturidade dos dias atuais.

Ainda no início do ano, Erasmo Carlos retomou a parceria com Roberto Frejat. Os dois grandes nomes do Rock nacional se reencontram para gravar “10 Segundos”, música que batiza o ainda inédito filme de José Alvarenga Jr. sobre a vida do boxeador paulista Eder Jofre. O Tremendão também é uma das parcerias de Paulo Miklos para “A Gente Mora no Agora”, o primeiro disco solo de Paulo desde que deixou os Titãs, em 2016. Em 2008, Erasmo Carlos lançou o livro Minha Fama de Mau que foi adaptado para o cinema pela Paris Filmes em 2015. No longa, Chay Suede vive o jovem Erasmo Carlos.

RioMar Music Festival

O show faz parte da programação do Dia os Pais do RioMar Fortaleza e é a terceira apresentação do RioMar Music Festival. O projeto – que traz grandes shows gratuitos para a capital cearense – busca promover a música e a cultura. No primeiro semestre, o Festival recebeu Toquinho e Geraldo Azevedo. As apresentações ocorrerem sempre no Estacionamento Aberto da Lagoa do Papicu.

Serviço

RioMar Music Festival – Erasmo Carlos
Data: domingo, 13 de agosto
Local: Estacionamento Aberto da Lagoa do Papicu – RioMar Fortaleza
Abertura do portão e entregas das pulseiras de acesso: 16h
Show Sargento Pimenta: 17h
Show Erasmo Carlos: 19h
Entrada gratuita com capacidade limitada de lotação de espaço

News: Nova loja Track & Field chega com coleção inédita no Brasil

19029768_1492330084157836_2480128808427045951_n

A marca brasileira de roupas esportivas Track&Field acaba de abrir franquia em Fortaleza no Shopping Del Paseo. A grande novidade do espaço são as peças da coleção Summer V18, inédita no restante do País, disponível com exclusividade para os clientes que visitarem a nova unidade. Continuar lendo

News: Shopping recebe o OK-Pop, evento de cultura coreana, este fim de semana

OKPop

Para encerrar a programação de férias, o RioMar Kennedy realizará neste fim de semana, dias 29 e 30 de julho, a primeira edição do Festival ‘OK-Pop!’, evento dedicado aos amantes da cultura coreana e do gênero musical K-Pop. Continuar lendo

News: SPFW anuncia data da edição N44!

20257456_1551467504924111_757281182_o

O Estilo em Pauta, tem uma ótima notícia para os fashionistas! Foi confirmada a próxima data do  São Paulo Fashion Week, que esse ano inaugurou o novo calendário da semana de moda para aproximar mais a passarela ao calendário do varejo. Continuar lendo