Cinema: “Carcereiros – O Filme” ganha novo trailer e cartaz

PosterCinema-Carcereiros2

Dirigido por José Eduardo Belmonte (‘Alemão’), Carcereiros – O Filme ganhou novo trailer e cartaz oficiais, divulgados nesta terça-feira (8). “É um filme que vai surpreender o espectador”, afirma Rodrigo Lombardi, que está de volta ao papel do agente penitenciário Adriano. A história gira em torno de uma noite no presídio, onde ele precisará enfrentar a maior missão de sua carreira: encarcerar um perigoso terrorista internacional. Abdel é interpretado por Kaysar Dadour (‘Órfãos da Terra’), que Rodrigo define como uma “grata surpresa”. O longa é uma produção da Globo Filmes, em coprodução com a Gullane e a Spray Filmes. A Imagem Filmes assina a distribuição do filme, que chega aos cinemas nacionais em 28 de novembro.

Adriano se vê dividido entre os dilemas familiares e as responsabilidades do seu emprego como agente penitenciário. A chegada do terrorista aumenta ainda mais a tensão no presídio, que já vive dias de terror por conta da luta entre duas facções criminosas. Rafael Portugal também faz uma participação no longa, como um dos presidiários. “Eu fui muito bem recebido […] eu senti essa troca generosa do elenco comigo”, afirma o ator.

Com roteiro assinado por Marçal Aquino, Fernando Bonassi, Dennison Ramalho e Marcelo Starobinas, o longa conta ainda com Jackson Antunes, Dan Stulbach, Tony Tornado, Milton Gonçalves, Rainer Cadete, Giovanna Rispoli e Ivan de Almeida no elenco.

Carcereiros – O Filme é inspirado no livro homônimo de Drauzio Varella e na série de sucesso da Rede Globo, vencedora do Grande Júri no MIPTV 2017, em Cannes. O longa fará sua estreia mundial na 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que começa no próximo dia 17 de outubro.

SINOPSE:

Adriano (Rodrigo Lombardi) é um carcereiro íntegro e avesso à violência, ele tenta garantir a tranquilidade no presídio, mesmo sofrendo com grandes dilemas familiares. A chegada de Abdel (Kaysar Dadour), um perigoso terrorista internacional, aumenta ainda mais a tensão no presídio, que já vive dias de terror por conta da luta entre duas facções criminosas. Agora, Adriano terá que enfrentar uma rebelião além de controlar todos os passos de Abdel. Inspirado no livro Carcereiros de Drauzio Varella, Carcereiros – O Filme traz a realidade dos homens que mesmo sem estarem presos, passam seus dias atrás das grades.

ELENCO:

Rodrigo Lombardi – Adriano

Tony Tornado – Valdir

Milton Gonçalves – Dr. Louveira

Kaysar Dadour – Abdel Mussa

Jackson Antunes – Comandante

Dan Stulbach – Dr. Sérgio

Rômulo Braga – Juarez

Ivan de Almeida – Osvaldo

Giovanna Rispoli – Lívia

Bianca Müller – Psicóloga

Similião Aurélio – Carlão da Motosserra

Germano Pereira – Cabelo

José Trassi – Damásio

Rainer Cadete – Príncipe

Rafael Portugal – Enfermeiro

FICHA TÉCNICA:

Produtora: Globo Filmes

Coprodutora: Spray Filmes e Gullane

Direção: José Eduardo Belmonte

Inspirado no livro “Carcereiros” de Drauzio Varella

Roteiro: Marçal Aquino, Fernando Bonassi, Dennison Ramalho e  Marcelo Starobinas

Direção de Segunda Unidade: Raoni Rodrigues

Direção de Fotografia: Alexandre Ramos

Direção de Arte: Claudia Calabi

Figurino: Manuela Mello

Maquiagem: Ebony

Produção de Elenco: Luciano Baldan

Som direto: Lia Camargo, Tide Borges e Luciano Raposo

Direção de Produção: Maurício Melo

Montagem: Bruno Lasevicius e Raoni Rodrigues

Música Original: Guilherme Garbato e Gustavo Garbato

Desenho de Som e Mixagem: Ricardo Cutz e Matheus Miguens

Supervisão de Efeitos Visuais: Hugo Gurgel, Guilherme Ramalho e Eduardo Schaal

Supervisão de Pós Produção: Patrícia Nelly

Produção Executiva: Ana Saito, Caio Gullane, Pablo Torrecillas, Ana Gabriela, Isabela Tullio, Andrea Giusti e Noberto Pinheiro Jr.

Produtor Associado: Guel Arraes

Produção: Caio Gullane, Fabiano Gullane, Ana Gabriela, Cadu Ciampolini e Fernando Grostein Andrade

 

SOBRE O DIRETOR – JOSÉ EDUARDO BELMONTE:

José Eduardo Belmonte é formado em cinema pela Universidade de Brasília. Apesar de ser formado em uma escola que predominava o documentário, migrou para a ficção aonde se notabilizou pela direção de atores. Dirigiu seis curtas-metragens e oito longas-metragens que somados alcançaram mais de cem prêmios nos principais festivais. Foi diretor geral da série “El Hipnotizador” para HBO. Na Tv Globo fez a adaptação do longa “Alemão” em formato de minissérie intitulado: “Alemão, Os Dois Lados do Complexo”, sobre a ocupação militar no Complexo do Alemão contra o tráfico de drogas. Realizou como diretor geral para mesma emissora, a série de ficção “Carcereiros”, baseada no livro homônimo do médico Drauzio Varella sobre o problemático sistema penitenciário brasileiro. A série foi premiada no MIP Drama Screening em Cannes/2017. Iniciou a carreira de longas com “Subterrâneos”. Seu segundo longa, “A Concepção”, foi lançado nacionalmente em 2006. Nesse mesmo ano, filmou o drama “Meu mundo em Perigo” com o qual também foi premiado. Seu quarto longa “Se nada mais der certo”, do qual também foi produtor, foi premiado no Festival do Rio 2008 e no 41º Festival de Brasília. No início de 2011, filmou seu primeiro projeto comercial, a comédia “Billi Pig”. Em 2014, filmou “Alemão”, sucesso comercial produzido pela RT Features com quem também realizou, um ano antes, o arthouse “O Gorila”. Dirigiu e produziu o road movie “Entre Idas e Vindas”, lançado comercialmente em 2016. Em 2015 dirigiu o filme de terror “Aurora” e o documentário “Mobília em Casa”.

SOBRE A GLOBO FILMES:

Desde 1998, a Globo Filmes já participou de mais de 300 filmes, levando ao público o que há de melhor no cinema brasileiro. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual nacional, a filmografia contempla vários gêneros, como comédias, infantis, romances, documentários, dramas e aventuras, apostando na diversidade e em obras que valorizam a cultura brasileira. A Globo Filmes participou de alguns dos maiores sucessos de público e de crítica como, ‘Tropa de Elite 2’, ‘Minha Mãe é uma Peça 2’ – com mais de 9 milhões de espectadores -, ‘Se Eu Fosse Você 2’, ‘2 Filhos de Francisco’, ‘Aquarius’, ‘Que Horas Ela Volta?’, ‘O Palhaço’, ‘Getúlio’, ‘Carandiru’, ‘Cidade de Deus’ – com quatro indicações ao Oscar e ‘Bacurau’ que recebeu o prêmio do Júri no Festival de Cannes. Suas atividades se baseiam em uma associação de excelência com produtores independentes e distribuidores nacionais e internacionais.

SOBRE A GULLANE:

Em 1996, os irmãos Caio e Fabiano Gullane fundaram a Gullane, hoje somando mais de 40 filmes com destaque no Brasil e no exterior, 25 séries de televisão, inúmeros especiais e documentários. “Carandiru”, “Bicho de sete cabeças”, “O ano em que meus pais saíram de férias”; a franquia “Até que a sorte nos separe”; “Que horas ela volta?”, “Como nossos pais”, “Bingo, O rei das manhãs”; as séries “Alice” (HBO), “Unidade Básica” (Universal) e “Carcereiros” (TV Globo) são algumas das obras realizadas pela Gullane nos últimos anos. Uma produtora ativa no crescimento do audiovisual brasileiro que compõe seus projetos com os melhores talentos e parceiros do entretenimento. Sua capacidade e empenho em todas as etapas de realização a garantiu importantes coproduções internacionais e a comercialização de suas obras para mais de mais de 60 países, levando a identidade do cinema nacional mundo a fora.

Caracterizada por sensibilizar e movimentar reflexões através de suas histórias a Gullane já acumulou mais de 500 prêmios e nomeações em sua carreira, além de ter seus projetos reconhecidos nas seleções oficiais dos festivais mais importantes do mundo como: Oscar, Cannes, Berlim, Sundance, Toronto, Veneza e o prêmio Emmy.

SOBRE A SPRAY FILMES:

A Spray cria e produz conteúdos nas áreas de cinema, televisão, canais digitais, branded content e publicidade. Recentemente, com o filme “Abe” foi selecionada para o Sundance Film Festival 2019 e com a série de ficção “Carcereiros”, produzida para o Grupo Globo, foi ganhadora do MIP TV em Cannes, em 2017.

A Spray produziu filmes que passaram pelos festivais de Roma e “É tudo Verdade”. Entre eles, o filme de ficção “Na Quebrada” e os documentários “Coração Vagabundo” (Caetano Veloso, Pedro Almodovar, Michelangelo Antonioni) e “Quebrando o Tabu” (Jimmy Carter, Bill Clinton, Fernando Henrique Cardoso). Este último teve uma adaptação americana chamada “Breaking the Taboo” e foi co-produzida pelo Richard Branson.

É criadora e gestora da maior plataforma digital de direitos humanos da América Latina, o “Quebrando o Tabu”, que teve origem com o documentário. A plataforma tem mais de 10 milhões de seguidores e um dos maiores engajamentos do Facebook no Brasil. Além disso, produziu a série documental “Quebrando o Tabu” para o Grupo Globo, que recentemente foi renovada para 2a temporada.

Na publicidade, a Spray tem uma atuação consolidada e ganhou inúmeros prêmios como Cannes Lions e El Ojo. No departamento digital, é incubadora e sócia majoritária da NWB, uma das maiores redes de canais digitais de esportes no Brasil.

SOBRE A IMAGEM FILMES:

Fundada em 1998, a Imagem Filmes é uma empresa nacional que atua no mercado de entretenimento do país como distribuidora de filmes independentes. Comprometida com a qualidade e variedade de produções, a empresa trabalha nos segmentos de cinema, vídeo e televisão, e é responsável pelo lançamento de grandes produções nacionais, onde destacam-se: ‘Sai de Baixo – O Filme’, ’10 Segundos para Vencer’, ‘É Fada!’, ‘O Nome da Morte’ e ‘Crô Em Família’. Além das produções internacionais, como o premiado ‘VICE’ e os recentes ‘Hellboy’, ‘Encantado’, ‘Fúria em Alto Mar’ e ‘Paddington 2’.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s