Cultura: Teatro de bonecos se transforma em instrumento pedagógico para educação criativa em Fortaleza

Acervo Grupo Formosura (4)

Bonequeiro é aquele que domina a arte de “dar vida” a seres inanimados. Mamulengo é uma espécie de teatro de bonecos, que revela de modo singular a rica expressividade do dia a dia do povo nordestino. Um teatro feito no improviso, do repente, que ganha existência nos palcos por meio da movimentação das mãos do ator que manipula, narra histórias e transcende a realidade.

Mas, além da magia e da sedução que essa arte ancestral provoca, o teatro de bonecos pode ser também um poderoso instrumento nas mãos de um bom educador. Em Fortaleza, no bairro Serrinha, o Grupo Formosura de Teatro investe no Mamulengo como proposta pedagógica para atrair alunos das escolas públicas.

Desde o início do ano, crianças e jovens têm acesso a diversas atividades formativas, que vão desde a confecção de bonecos até a leitura crítica, criação de pequenos textos, encenação, processo de montagem, apresentações de espetáculos e aulas de capoeira. As atividades fazem parte do projeto Escola de Mamulengo, que conta com o apoio da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE).

Agora, em uma nova etapa, de acordo com Graça Freitas, diretora do Grupo Formosura e coordenadora geral da Escola de Mamulengo, o projeto busca analisar o teatro de animação como um diferencial enquanto recurso pedagógico junto aos próprios educadores. “Cada vez mais, o educador necessita se apropriar de novas ferramentas na busca de ser não somente um bom mediador de conhecimento, mas também um profissional expressivo e criativo”, explica.

Neste sentido, o grupo realiza o I Seminário da Escola de Mamulengo com o tema “Teatro de bonecos e educação: a autonomia criativa em cena”, durante a programação da XXVIII Semana de Pedagogia da Universidade Estadual do Ceará (UECE), no Campus do Itaperi, de 07 a 09 de novembro. As inscrições podem ser feitas por meio do site oficial (https://goo.gl/Aybkap) ou durante o evento, e o participante deve contribuir com a doação de um livro infantil.

 

Roteiro do Seminário

Todos os dias, a programação começa a partir das 8 horas com apresentações culturais ou cortejo de bonecos gigantes. Até às 17h, os participantes têm a oportunidade de conferir palestras, minicursos de teatro e rodas de conversas com grandes nomes da cena cultural cearense, como o poeta, jornalista, teatrólogo e sociólogo, Oswald Barroso, o artista Augusto Bonequeiro, entre outros.

 

SERVIÇO: I Seminário Escola de Mamulengo, do Grupo Formosura de Teatro. Inscrições feitas no site oficial (https://goo.gl/Aybkap) ou durante o evento. Dias 07, 08 e 09/11 – 08h às 17hs – no Campus do Itaperi (UECE).

Anúncios

Um comentário em “Cultura: Teatro de bonecos se transforma em instrumento pedagógico para educação criativa em Fortaleza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s