Cinema: I Wanna Dance With Somebody – A História de Whitney Houston

Acaba de chegar aos cinemas “I Wanna Dance with Somebody: A História de Whitney Houston” cinebiografia da artista. Aliás, estilo que vem se tornando muito frequente nos últimos tempos. Onde destacamos Elvis, Rocketman, Somos Tão Jovens, Johnny & June, Piaf: Um Hino de Amor e Elis que foram eficientes em seu objetivo. Infelizmente, o longa está mais focada em retratar a história das músicas e passar uma visão positiva sobre quase todos os aspectos da vida de Whitney Houston, do que em abordar de fato a vida conturbada da cantora.

O filme tem aspectos positivos e negativos. Sem dúvida, o elenco foi um dos acertos! Naomi Ackie, Stanley Tucci e Nafessa Williams estão perfeitos em seus personagens. O roteiro é um dos aspectos negativos, pois opta por uma narrativa clichê, na qual a cronologia segue uma linearidade crescente e superficial, que mostra cenas isoladas de momentos cruciais e pesados da vida da cantora, sem dar o devido peso. A sensação é que o objetivo foi homenagear sua carreira e não contar de fato sua história. Como por exemplo: fatos importantes como os abusos sofridos pelo ex-marido Bobby Brown, o preconceito que a cantora sofreu dentro da própria comunidade negra e os problemas financeiros causados financeira pelo seu pai John (Clarke Peters) parece que não tiveram impacto na vida de Whitney.

Whitney é conhecida como A Voz, um título merecidíssimo, pois bateu os recordes de Elvis Presley e The Beatles, tendo sete hits consecutivos em 1º lugar nas paradas da Billboard. Também teve o álbum de trilha sonora mais vendido de todos os tempos (O guarda-costas), onde o disco permaneceu 20 semanas consecutivas em #1 no Top 200 da Billboard. Ainda recebeu duas indicações ao Oscar pelas canções originais I Have Nothing e Run to You. Também detém o recorde de ser a mulher mais premiada em uma edição do American Music Awards – em um único ano, com oito vitórias, incluindo a categoria de Prêmio de Mérito, sendo homenageada no mesmo ano (empatou com Michael Jackson em quantidade de prêmios)! E para mostrar que ela foi a rainha absoluta da música, a diva está no Guiness Book como a artista feminina mais premiada de todos os tempos, com mais de 400 prêmios. Dito isto, acho mais que justa a homenagem, porém poderia ter sido melhor!

Para finalizar, podemos dizer que o filme é uma diversão nostálgica para quem sente saudade da artista, e uma fonte de inspiração para os mais jovens.

Sinopse:

I Wanna Dance with Somebody: A História de Whitney Houston é uma poderosa e triunfante celebração da incomparável Whitney Houston. Dirigido por Kasi Lemmons, escrito pelo indicado ao Oscar® Anthony McCarten, produzido pelo lendário produtor musical Clive Davis e estrelado pela ganhadora do Prêmio BAFTA® Naomi Ackie, o filme é um retrato da complexa e multifacetada mulher por trás da voz. Da garota do coral de Nova Jersey a uma das mais recordistas e premiadas artistas de todos tempos, o público vai ser levado em uma jornada  emocionante pela vida e carreira de Whitney, com performances arrebatadoras e uma trilha composta pelos hits mais amados da diva. Você não quer dançar?

Ficha Técnica

Dirigido por: Kasi Lemmons                               

Escrito por: Anthony McCarten                                      

Produzido por:

Anthony McCarten

Pat Houston

Clive Davis

Larry Mestel

Denis O’Sullivan

Jeff Kalligheri

Matt Jackson

Molly Smith

Trent Luckinbill

Thad Luckinbill

Matt Salloway

Christina Papagjika

Elenco:             

Naomi Ackie

Stanley Tucci

Ashton Sanders

Tamara Tunie

Nafessa Williams

e Clarke Peters

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s