Negócios: Como gerir uma startup no contexto atual? Professor da Unifametro traz dicas para quem quer alavancar o negócio

Unifametro

Com a pandemia, muitos modelos de negócio precisaram se reinventar. Um deles foram as startups, que são organizações projetadas para encontrar um modelo de negócios escalável, repetitivo e lucrativo. Apesar de já estarem habituadas com um cenário de incertezas, as startups também precisaram se reinventar para sobreviver neste período. Para isso, o professor Alexandre Hollanda, do curso de Administração da Unifametro, traz algumas dicas que funcionam em startups de sucesso, como Amazon, Nubank e Mercado Livre.

1) Incentive um fracasso bem-sucedido

Parece loucura, mas para ter sucesso nas suas ações enquanto empreendedor, você tem que incentivar um fracasso bem sucedido. Uma empresa que deu muito certo, certamente fracassou milhares de vezes e tem uma abertura para o erro. São notórios exemplos de empresas que não tiveram produtos com sucesso, mas utilizaram esse erro para acertar posteriormente. À medida que cresce, uma empresa vai cometer alguns erros e o time da startup vai precisar ter essa mentalidade.

2) Simplifique o que é complexo

Nos dias atuais, temos muitas opções, uma série de escolhas pra fazer e o cliente pode de perder nessa complexidade. Portanto, tudo o que você puder fazer para simplificar o que é complexo vai te fazer atender melhor. Um processo simples, às vezes, se torna complicado, então pensar simples é fundamental. É preciso encontrar a melhor solução focando no que é mais importante para o seu cliente. O foco deve ser entregar da melhor forma possível, fazendo com o que o cliente não perca tempo.

3) Tenha uma cultura própria

As empresas têm uma série de rituais, práticas e normas, ou seja, o jeito de ser da organização, que é único. Essa cultura própria é importante e implica em vários fatores. Primeiro para reter talentos e trazer as melhores pessoas. A empresa que tem uma cultura forte está vendo muita produtividade na atuação dos colaboradores durante o home office porque essa cultura sustenta o negócio.

4) Promova a atitude de dono

Se eu realmente dou para o funcionário uma forma de participação, ele pensa nos impactos olhando para o longo prazo. Quando você estimula a cultura de dono na empresa e cria oportunidades reais, acaba estimulando o foco na excelência, as decisões com paixão pelo que faz e foco no cliente.

5) Ter obsessão pelo cliente

Tenha foco total no cliente, todas as decisões que forem tomadas na organização devem ser analisadas como terão um bom impacto para o cliente. Esse já é um discurso conhecido, contudo dar autonomia ao time, gerenciar a experiênca e fazer isso na prática do dia-a-dia e em todos os “momentos da verdade” com o cliente é o grande desafio.

6) Tenha o pensamento “Day One” todos os dias

Pense na seguinte analogia: “Todo mundo ama ir para o colégio no primeiro dia de aula: farda nova, livro novo, tudo novo. Mas no segundo dia, já virou rotina e você já quer ficar em casa”. Então precisamos sempre manter “acesa” a mentalidade do dia 1, onde sempre estamos aprendendo e começando uma nova jornada. Não é uma crise que vai te abalar, porque você sempre acredita que é o dia 1. O dia 1 é sempre pensar como uma startup, agindo rápido, permitindo-se errar e com a crença de que sempre podemos melhorar, buscando a excelência e sendo fiel aos seus valores e ao seu propósito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s